Profile

Alexandre Villares @villares


About Me

Alexandre Villares (villares.garoa.club) é arquiteto e professor, docente na Escola da Cidade em São Paulo. Um entusiasta do Processing, que acredita ser uma plataforma fantástica para artistas e educadores, pesquisa ensino de programação num contexto visual. Associado do Garoa Hacker Clube, onde co-coordena a atividade Noite de Processing, um encontro mensal sobre arte gerativa e programação criativa.

Proposals

[30 min] Conheça o Processing Python Mode a plataforma/comunidade de artistas visuais agora com Python!

Processing é uma plataforma livre/aberta de programação criada em 2001 por Casey Reas e Ben Fry, largamente utilizada por artistas e para o ensino de programação num contexto visual. Processing vem com um IDE que, curiosamente, deu origem ao IDE do Arduino. A versão 'standard' do Processing é baseada em Java, mas para a alegria geral hoje existem dois outros projetos  da Fundação Processing:



  • P5*JS baseado em JavaScript (com seu próprio IDE);

  • Processing Python Mode que pode ser adicionado ao IDE tradicional <------ e é este que eu vou mostrar!


Com meia dúzia de linhas de código (sério mesmo) é possível criar animações interativas incríveis. A comunidade do Processing angariou um número enorme de recursos e bibliotecas úteis que podem ser usadas facilmente no Modo Python (uma vez que ele debaixo do capô é implementado em Jython).

Fazendo uma ferramenta de desenho com Processing Python Mode

A apresentação, uma espécie de 'live coding', vai ser uma tentativa de programar em 5 minutos, uma ferramenta de desenho simples para criações com simetria radial.


Será uma demonstração rápida do modo Python (pra quem já conhece o Processing), do Processing (pra quem já conhece Python) e da confusão divertida que é tentar programar na frente de uma porção de gente!


 

Processing Modo Python: Arte, Educação e Jogos

Processing é uma plataforma aberta e livre de desenvolvimento iniciada em 2001, baseada em Java, largamente utilizada por artistas e como ferramenta educacional.


O relativamente recente "Processing Python Mode" permite aliar os recursos da plataforma Processing, não só da ferramenta, mas da sua forte comunidade como um todo, à sintaxe de Python, que tem se mostrado muito popular no meio educacional (e conta também com uma comunidade engajada e acolhedora).


O ensino de programação para jovens por meio da criação de jogos é um assunto de grande interesse atualmente. Pretende-se mostrar rapidamente uma implementação de um jogo simples com Processing Modo Python e indicar as referências básicas necessárias para quem quiser utilizar esta ferramenta.