Profile

Luciano Ratamero @luciano2


About Me

-

Proposals

Abandone as apps Google com Nextcloud e Mail-in-a-box

Seja uma pessoa ou uma empresa, depender dos serviços da Google não só é caro como é potencialmente perigoso. A empresa que já teve o lema "don't be evil" hoje é uma das que mais invade nossa privacidade em troca de simples conveniência.


No entanto, projetos como Nextcloud e Mail-in-a-box oferecem soluções OSS/FOSS com uma barreira de entrada baixa - bem baixa. Esses projetos visam substituir não só o GMail como também o Google Drive, Docs, Talk/Hangouts/Duo, assim como gerenciador de senhas, Spotify, dentre outros; tudo isso com um custo relativamente baixo, gerência de usuários e permissões e praticamente tudo com o que você está acostumado.


Essa paletra pretende te deixar com conhecimento sobre como configurar seu próprio servidor de email usando Mail-in-a-box e como ter sua própria cloud com Nextcloud; e finalmente tomar pra si a responsabilidade sobre seus dados.

Apaixonando-se por Python

Depois de trabalhar com Python por quase 7 anos, tenho um conjunto de ferramentas e fatores que me fazem amar cada vez mais o ecossistema da linguagem.


A ideia aqui é ter uma discussão sobre alguns fatores da linguagem que me fazem querer usar ela pra tudo.
Sem pretensão de falar sobre todos os tópicos, claro, pra podermos ter uma discussão mais interessante ;)


Ah, essa é uma versão minha da palestra de mesmo nome do nosso querido e amado Bernardo Fontes.

apistar: novo framework REST do criador do DRF

O apistar é o novo projeto de Tom Christie, dev do Django REST Framework que promete trazer uma nova abordagem para desenvolvimento de APIs.


O intuito da palestra é dar uma noção básica das vantagens de usar o apistar, como:


- requisições assíncronas com asyncio;
- documentação interativa (sem retrabalho);
- performance (mais veloz que o falcon);
- geração de schemas;
- uso de backends de banco de dados conhecidos (SQLAlchemy, Django ORM);
- 100% focado em Python 3.

apistar: novo framework REST do criador do DRF

O apistar é o novo projeto de Tom Christie, dev do Django REST Framework que promete trazer uma nova abordagem para desenvolvimento de APIs.


O intuito da palestra é dar uma noção básica das vantagens de usar o apistar, como:


- requisições assíncronas com asyncio;
- documentação interativa (sem retrabalho);
- performance (mais veloz que o falcon);
- geração de schemas;
- uso de backends de banco de dados conhecidos (SQLAlchemy, Django ORM);
- 100% focado em Python 3.

API Star: novo framework REST do criador do DRF

O API Star é o novo projeto de Tom Christie, dev do Django REST Framework que promete trazer uma nova abordagem para desenvolvimento de APIs.


O intuito da palestra é dar uma noção básica das vantagens de usar o API Star, como:


- requisições assíncronas com asyncio;
- documentação interativa (sem retrabalho);
- performance (mais veloz que o falcon);
- geração de schemas;
- uso de backends de banco de dados conhecidos (SQLAlchemy, Django ORM);
- 100% focado em Python 3.

Como usar Django nos tempos de Angular e React

Qual é a maneira ideal de se trabalhar com Django usando um framework moderno de front?


Depois de passar anos usando Django e ótimas e péssimas experiências com frameworks de front, sinto que é hora de se falar mais sobre o assunto.
Pretendo discutir diferentes paradigmas de implementação para cada tipo de problema, passando por alguns pontos:
 - como decidir qual framework usar;
 - quando usá-los;
 - Django Rest Framework vs. Django puro;
 - e como tornar a aplicação extensível e pronta para aceitar diferentes soluções.

Da requisição à resposta - Como o Django processa uma requisição

Eu sempre me perguntava: como o Django responde uma requisição?


Minha resposta veio quando comecei pesquisar mais a fundo sobre o que exatamente fazia com que o django fosse mais lento do que, por exemplo, o API Star ou o Sanic.


Pretendo abordar todos os passos em que o django nos permite, de forma não invasiva, manipular o fluxo de resposta:


- WSGI;
- middlewares;
- views;
- context processors;
- detalhes de implementação.

Django + React: como, onde e quando

Lidar com uma stack Django + React não é uma tarefa simples. Aqui na Labcodes, passamos um bom tempo pensando em como, quando e onde devemos usar essa stack que é cada vez mais comum no mercado.


Nessa palestra, pretendo discutir:
- como encaixar o React numa aplicação Django usando django-webpack-loader;
- como carregar múltiplas aplicações React em páginas diferentes;
- como mantemos a base de código fácil de manter;
- quando decidimos não usar React;
- onde deixar cada parte do código para melhorar a experiência de desenvolvimento.

Django + React: dicas para quem quer fazer sua primeira app desacoplada

Se você é desenvolvedor web e já tentou fazer uma app totalmente desacoplada com Django Rest Framework e React, você sabe da quantidade de problemas que podem ocorrer. NÃO É FACINHO.
A ideia é fazer um livecoding, apresentando algumas dicas rasas e rápidas pra coisas que já me fizeram perder alguns dias de trabalho, dentre elas:


- como facilitar seu fluxo de autenticação usando middlewares e redux;
- como diminuir a complexidade do fluxo de desenvolvimento usando postactivate, makefile e npm scripts;
- como usar lodash e immutablejs para prevenir dores de cabeça com estados;
- perguntas e respostas.

Django + React: quando, onde e como

Quando vamos implementar uma aplicação web moderna, a resposta muitas vezes tá na ponta da língua: django e react - mesmo quando, no fundo, não temos certeza de como começar ou manter esse tipo de projeto.


Nessa palestra, busco discutir:


- quando devemos usar essa stack;
- como medir custos de esforço e estrutura de equipe;
- em que parte do projeto o frontend se encaixa (monolito vs desacoplado);
- como podemos integrar os projetos;
- como planejar para um possível desacoplamento futuro.

Introdução ao Domain Driven Design com Django

Se seu código legado tá ficando tenso, se você quer um código mais modular ou simplesmente quer começar a testar seu back e front de uma maneira mais simples, seja bem-vindo ao Domain Driven Design!


Nessa talk, pretendo passar por alto sobre formas de melhorar seu código Django, tanto no backend quanto no frontend, usando alguns conceitos básicos do DDD.
Lidaremos com desacoplamento de código, com a assinalagem de papéis para cada parte do código, com o planejamento de novas features e com alguns macetes pra fazer com que seu projeto seja mais fácil de escalar e de manter. =)


Abraço, e nos vemos no evento!


 

Introdução ao Frontend - HTML, CSS e JavaScript

O mecado de web cresce cada vez mais, precisando de profissionais de diversas áreas, desde o banco de dados até o design.
Se você que tá querendo começar a aprender a programar ou é backend sênior que não faz idéia do que rola na camada de apresentação, esse tutorial é pra você.

Pretendo passar, com direito à mão no código, por algumas peças básicas do desenvolvimento frontend:


- Desenvolvimento frontend: o que é, como é, quais são as ferramentas básicas;
- HTML: tags, head, body, semântica;
- CSS: atributos, atributos imbutidos, seletores, hierarquia, posicionamento, cores;
- JavaScript: DOM, funcionalidades básicas, jQuery.

O básico que você precisa saber sobre frontend

Nesse tutorial, pretendo abordar o básico que todo desenvolvedor web precisa saber sobre frontend.


Verdadeiramente o básico.


Irei discutir:


- o que é e como se produz HTML;
- o que é e como se produz CSS;
- o que é e como se produz JavaScript;
- boas práticas.


Caso tenha tempo, entrarei em alguns tópicos adicionais, como:


- o que são e como funcionam frameworks modernos de frontend;
- o que são e como funcionam pre-processadores de CSS;
- programação orientada a objeto com ES6.