XIV Pylestras

CFP encerrado!!
Veja mais sobre o evento no nosso site: http://www.pylestras.org/
Compre seu ingresso aqui: http://bit.ly/pylestras-xiv-ingressos

--------------

O grupo de usuários Python do Ceará (PugCE), em iniciativa de promover a linguagem de programação Python no Ceará promove o XIII encontro de usuários python do Ceará no dia 30 de Setembro de 2017, na UFC campus do Pici, as 08h00. Venha trocar ideia com profissionais da área, aprender novas tecnologias e projetos e, principalmente, venha fazer parte dessa história, palestrando no evento.

ps: nos Pylestras procuramos ter, pelo menos, uma palestra de nível iniciante, uma de nível intermediário, uma de nível avançado e uma de uma linguagem que não seja python, por isso, não se acanhe em colocar sua proposta!

 

Curta a nossa página no Facebook!

Veja o que rolou nos últimos eventos:

XIII Pylestras
XII Pylestras

XI Pylestras
X Pylestras
IX Pylestras
VIII Pylestras
VII Pylestras
VI Pylestras
V Pylestras
IV Pylestras
III Pylestras
II Pylestras
I Pylestras


The event is no longer accepting proposals.

Proposals

author photo

Como NÃO programar em Python: crimes dolosos e com agravante

[Iniciante]



Todo bom programador já passou por uma fase na vida em que a POG (Programação Orientada a Gambiarra) foi sua melhor amiga. Junto com ela (ou até mesmo sem ela!), encontram-se erros comuns e alguns erros absurdos que são cometidos com frequência e que, na maioria das vezes passam despercebidos até mesmo por programadores experientes. 
Nesta palestra, irei mostrar algumas dicas do que não fazer quando estiver programando em Python, utilizando como exemplos alguns códigos e erros que programadores (do Padawan ao Mestre Yoda) cometem sem nem sentir o peso.


 


13(-10) reasons why você precisa assistir esta palestra:
1. "O inteligente aprende com os seus erros, o sábio aprende com os erros dos outros."
2. Conhecer os erros ajuda a evitá-los.
3. Python é bom demais pra ser codado errado.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Empreendedorismo na Universidade

Segundo a pesquisa “Empreendedorismo nas Universidades Brasileiras”, feita pela Endeavor e pelo Sebrae em 2015, quase 6 em cada 10 universitários pensam em empreender, mas poucos pensam em inovar e ter muitos funcionários. As conclusões que podem ser retiradas da pesquisa é que o universitário brasileiro pensa em empreender, mas não pensa em ter um negócio inovador e crescente. Muitos pensam em empreender por necessidade, e não por oportunidade. Diante desse cenário, vivemos em um país que importa inovação e não a gera, e universidades que formam seus alunos para o meio acadêmico ou para a indústria. Como podemos mudar esse cenário e fazer com que a universidade seja um ambiente inovador? Em meio a crise, como podemos fazer os estudantes entenderem que eles podem criar suas próprias oportunidades?

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Interoperabilidade entre Python e C++: Quando e como estender.

O objetivo da palestra é mostrar como a API C do interpretador Python pode ser usada para desenvolver módulos Python em código nativo (extensions) e construir sistemas híbridos, com partes escritas em Python e outras em C++.


Também serão discutidas as situações nas quais é vantajoso utilizar estas técnicas. Esta discussão consiste em deixar claro quando um sistema, ou parte dele, tem um gargalo de IO (IO-bound), situação na qual é vantajoso utilizar uma linguagem dinâmica como Python. E de forma semelhante, quando o gargalo é processamento (CPU-bound), situação na qual vale a pena usar código nativo e tipagem forte por motivos de performance, em particular C++14.


O problema inverso, embarcar scripts Python em aplicações C ou C++ e promover interoperabilidade entre sistemas existentes também será abordado. As tecnologias abordadas serão:


- A API C do interpretador Python mais usado (CPython)


- A biblioteca C++ boost::python que facilita a criação de extenções para o CPython.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Métodos Numéricos e Computação Científica com Python - conceitos iniciais.

Em muitos problemas de matemática aplicada, física e engenharia precisamos usar métodos numéricos. Existem bibliotecas (não precisamos reinventar a roda) no Python que podem auxilar na solução desses problemas, gerando, quando for necessário, gráficos de excelente qualidade.


Nesta palestra apresentaremos algumas bibliotecas matemáticas e exemplos de como usar essas bibliotecas. As principais bibliotecas são:


Numpy : fornece poderosos objetos para matrizes numéricas e rotinas para os manipulá-los. 
Scipy : rotinas de processamento de dados de alto nível. Otimização, regressão, interpolação, etc. 
Matplotlib : Visualização 2-D, plotagens prontas para publicação.


Uma definição de computação científica: uma área de atividade/conhecimento que envolve a utilização de ferramentas computacionais (software) para a solução de problemas científicos e das engeharias.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Python + Machine Learning aplicado em Cyber-Segurança

Quer construir o seu próprio Next-Generation Firewall (NGFW) ?


Como analisar mais de 50 gigas de tráfego coletado ?


Nesta palestra eu vou apresentar algumas aplicações de Python e Machine Learning na área de Cyber-Segurança.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Quer ser um Full-Stack Developer? Essas são algumas "coisinhas" que você precisa saber.

Aplicações Web modernas são compostas de diversos componentes que vão além de um servidor web e um banco de dados.


O objetivo dessa talk é apresentar uma arquitetura avançada de uma aplicação web pontuando os conhecimentos que um desenvolvedor Full-Stack Python deve adquirir.


Tópicos abordados:


- IaaS/PaaS
- Web Frameworks
- Servidor Web e Servidor de Aplicação
- Cache
- Fila de Tarefas Assíncronas
- Monitoramento
- Deploy

Use the buttons bellow to vote:

author photo

🚀 Rocket.Chat 💖 Python 🐍 - Uma introdução a ChatOps com Rocket.Chat e Python

🚀 Rocket.Chat 💖 Python 🐍


Uma introdução a ChatOps com Rocket.Chat e Python


Nessa talk, falarei um pouco sobre Rocket.Chat, a maior plataforma de chat Open Source, e ChatOps, um crescente modelo de colaboração.


ChatOps é um modelo de colaboração que conecta pessoas, ferramentas, processos e automação em um Workflow transparente. Esse fluxo conecta o trabalho a ser feito, o trabalho sendo feito, e o trabalho já feito em um local persistente controlado por pessoas, bots, e ferramentas relacionadas. A transparencia encurta o loop de feedback, melhora o compartilhamento de informações e a colaboração. Sem falar do treinamento e da cultura de time.


 

Use the buttons bellow to vote: