Software Freedom Day 2017 / São Carlos

O Software Freedom Day (SFD) — a maior celebração internacional de software livre, reunindo 128 eventos ao redor do mundo em 2016 — abre a submissão de propostas de palestras para sua edição na USP de São Carlos, que acontece dia 16 de setembro das 8h às 19h.

As palestras, que devem ter cerca de 35 minutos e mais 5 minutos finais reservados para perguntas, deverão ser submetidas até o dia 2 de setembro. Serão aceitas palestras dentro do tema de liberdade de software, hardware e cultura livre, em especial com enfoque no impacto da liberdade no dia a dia do uso de computadores e tecnologia como um todo.

Confira também nossos minicursos e installfest do SFD 2017 em São Carlos em nossa página oficial e venha fazer parte dessa comemoração!


Este evento está em modo de Votação Anônima, todos os palestrantes estão escondidos para votação, você deve basear seu voto apenas no conteúdo das propostas..

A Saúde da Internet no Mundo: da inovação aberta a literacia web

Entender como as pessoas percebem e interagem com a Internet fundamental para saber o quão saudável a Internet está e quais são as oportunidades que podem ser geradas a partir dela, como por exemplo, o aperfeiçoamento pessoal e profissional, criação de novos negócios ou conscientização da população sobre algo em específico.


Esta palestra abordará temas como:
- Alfabetização Web - como está a educação de antigas e novas gerações de internautas.
- Inclusão Digital - como está o estimulo de iniciativas para que organizações e governos invistam em políticas de inclusão.
- Descentralização - como está a descentralização da Internet e o que devemos fazer para mantê-la assim.
- Privacidade e Segurança - o que as pessoas e organizações compreendem sobre privacidade e segurança on-line.
- Inovação Aberta - como é o atual cenário e como motivar a abertura e incentivar as boas práticas deste recurso.


Nossas ações individuais moldam a saúde da Internet. Reconhecendo onde o sistema é saudável podemos dar passos positivos para torná-lo mais forte e compreendendo onde está em risco podemos evitar ações que o enfraqueça. Acreditamos que esta é uma conversa necessária, e esperamos que você junte-se a nós!

Use os botões abaixo para votar:

Envolva-se com a Mozilla!

Internet para pessoas, sem fins lucrativos.
Olá. Nós somos a Mozilla, os orgulhosos campeões da Internet.


Trabalhando para manter a Internet saudável, aberta e acessível a todos, ensinamos a alfabetização web, fornecemos ferramentas e defendemos a Internet como um recurso público global em nome de cada indivíduo que a valoriza. Usando a web como plataforma, construímos tecnologias abertas e inovadoras que permitem aos desenvolvedores trabalhar livre dos ecossistemas corporativos fechados e criar experiências na web rápidas e seguras para todos nós.


Nessa palestra vamos conhecer mais sobre a Mozilla, nossa comunidade, como podemos nos envolver e contribuir com os diversos projetos existentes!

Use os botões abaixo para votar:

O advento das urnas eletrônicas de 3o geração, seu papel na democracia mundial e o estudo de caso da primeira urna desse tipo desenvolvida no Brasil

Totalmente desenvolvida em código aberto e disponível na plataforma GITHUB (https://github.com/ferfolima/UrnaEletronica3G), a urna brasileira de 3o. geração desenvolvida na Universidade Federal do ABC atende a todos os requisitos funcionais propostos pela comunidade científica internacional, a qual estabeleceu - ao longo das últimas décadas - as diretrizes para a última geração de urnas eletrônicas. Essa palestra visa esclarecer as principais duvidas relacionadas aos diversos tipos de tecnologias de urnas eletrônicas, seu contexto politico-social, a importancia da transparência e auditabilidade , assim como apresentar as soluções técnicas elaboradas para elaboração do protótipo.


 


 

Use os botões abaixo para votar:

Palestra: Edição de vídeo com software livre para o ensino de ciências.

Nesta palestra irei tratar temas como:


O uso do vídeo como objeto educaional e a necessidade do software livre na escola pública;


O que preciso é preciso para o aluno poder gravar e editar vídeos com qualidade?


Relato de atividade* em escola pública e discussão de setup utilizado.


 


Setup utilizado:


Celular: qualquer um com câmera;


Computador: notebook quadcore 2.5 ghz, 6 gb ram, vídeo integrado, SO Ubuntu 16.04 LTS;


Software de Edição: Kdenlive 15.12.3


 

Use os botões abaixo para votar:

Panorama sobre técnicas modernas de networking com Linux

Em 2009, os utilitários do sistema net-tools tornaram-se obsoletos em função do iproute2 - principalmente por não comportarem configurações de redes mais complexas ou recursos novos de rede - como o network namespaces. Na mesma linha, também está em via de substiuição o iptables pelo NFTables com a premissa de simplificar a ABI, aumentar a eficiência dos filtros e unificar os stacks de IP. Essas mudanças sinalizam que nosso aprendizado desde a década de 90/00 não é mais suficiente para a complexidade das SDN, redes de altas velocidades, proteção contra ataques, sistemas virtualizados e diversos outros novos panoramas que estão em desenvolvimento.


Porém o que temos disponível hoje? O que mudou e o que mais é suportado pelo Linux além de simplesmente inserir um IP na interface ou adicionar uma Bridge? Como ficam grandes tabelas de rota, como o BGP? Como se comportam os outros Layers de rede nesta relação? É possível fazer roteamento de alta velocidade em Linux? Há como suportar outros hardwares, como GPUs ou FPGAs no stack atual do Linux? O que é DPDK, netmap, PF_RING, macvlan e outras sopas de letras relacionadas a redes?


Essas perguntas motivam a apresentação técnicas e recursos que tem sido aplicados recentemente em ambientes de alta complexidade e disponibilidade; podendo alguns serem demonstrados ao vivo com hardware de consumo ou mesmo virtualizando ambientes, visando ilustrar porque é necessário - e para onde estão indo - os novos stacks e módulos de rede escritos para Linux.

Use os botões abaixo para votar: