Python Nordeste 2020 - Palestras

A Python Nordeste 2020 acontecerá em Fortaleza entre os dias 17 e 19 de Julho no Centro Universitário 7 de Setembro \o/

Estamos trabalhando para fazer um evento incrível, do jetinho que a comunidade Python merece. Para isso, procuramos pessoas com diferentes backgrounds e experiências para contribuir com o programa de atividades do evento! Se você usa Python profissionalmente, como um hobby ou é apenas uma pessoa interessada em programação e comunidades open source, adoraríamos ver você compartilhando seu conhecimento conosco!

Gostaríamos que as palestras apresentadas na Python Nordeste tivessem um bom equilíbrio entre introdutórias e avançadas, por isso nós encorajamos todas as pessoas a submeterem uma proposta de atividade, independentemente do seu nível de experiência. Antes de submeter sua proposta, dê uma lida na descrição de cada atividade abaixo, bem como na sessão “Guia e Ajuda”.

Processo de Seleção

Critérios de escolha de palestras:

  • Número de palestras do mesmo assunto (maior diversidade de assunto);
  • Número de votos;
  • Número de palestras por palestrantes (maior diversidade de palestrantes);
  • Palestrantes novos.

Datas:

  • Submissão de palestras até dia 10/03/2020
  • Divulgação dos resultados a partir do dia 01/04/2020
  • Entrega dos slides até o dia 01/07/2020

Só serão aceitas palestras em Português.

Apresentações devem ser de 25 minutos, com mais 5 minutos para perguntas. Não existe uma restrição oficial acerca do tema, mas palestras sobre Python e a comunidade têm mais chances de serem selecionadas.

Uma vez que sua apresentação tenha sido selecionada, nós entraremos em contato para dar maiores detalhes do processo e prover qualquer assistência necessária. É importante salientar que as apresentações finais (os slides) devem ser entregues até 01/07/2020 para que possam ser revisadas de acordo com o Código de Conduta.

Informações importantes

  • É esperado que todas e todos os palestrantes tenham lido o Código de Conduta do evento e sigam o mesmo durante a elaboração da proposta, a apresentação e sua permanência no evento como um todo. O conteúdo dos slides e da fala dos/das palestrantes deve ser apropriado para um público profissional, incluindo pessoas de diferentes backgrounds. Imagens, texto ou falas de conotação sexual ou que discriminem pessoas por sua raça, gênero, religião, orientação sexual, aparência física, incapacidade física ou mental não serão tolerados na Python Nordeste. Caso tenha dúvidas sobre o nosso Código de Conduta, acesse: https://python.org.br/cdc/
  • Envie sua proposta o mais cedo que puder. Nenhuma proposta enviada após a data final será considerada.
  • Ao escrever sua proposta, procure seguir o seguinte template:
    • Título - É o que vai chamar a atenção dos/das participantes para assistir à sua palestra ou tutorial! Procure ser específico sobre o assunto da sua apresentação e não hesite em fazer uma graça para conquistar o público.
    • Resumo - Uma breve descrição sobre o tema da sua apresentação, de 1 a 2 parágrafos deve ser o suficiente. Seja o mais explícito possível, não precisa guardar segredo sobre a palestra.
    • Quem é o público-alvo da sua palestra? - Procure ser específico nessa parte: dizer apenas “Programadores Python” não ajuda muito. Informar o nível de experiência (iniciante, médio ou avançado) ou o tipo de conceito (pessoas, tecnologia) ou ferramenta (banco de dados SQL, desenvolvimento web, estatística, etc…)  que o participante deve ter para conseguir acompanhar sua apresentação. Isso nos ajudará a montar uma programação que tenha uma boa variedade de conteúdo para pessoas com diferentes backgrounds.
    • O que os/as participantes devem esperar da sua palestra? - É importante pensar no que os/as participantes vão aprender depois de assistirem à sua apresentação.
  • Lembre-se de considerar o espaço para perguntas no tempo total da sua apresentação. Caso não queira responder perguntas, deixe um comentário na sua proposta.
  • Como falamos antes, não existe uma restrição sobre o tema das palestras que serão apresentadas na Python Nordeste, mas se você ainda não tem um assunto definido, pode dar uma olhada na grade de programação dos eventos anteriores para ter como base.
  • Lembramos também que, neste ano, palestrantes aprovados e que confirmarem a palestra receberão ingresso gratuito para o evento.

author photo

A linguagem Python em Moçambique

A apresentação tem como objetivo apresentar os desafios enfrentados pelas comunidade Phyton em Moçambique, principalmente os desafios na organização de eventos em Moçambique,
metas alcançar, projetos para os próximos tempos de uma comunidade e dados sobre o Phyton na educa
ção.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Analisando Falhas de Deserialização em Python

Resumo:

Nesta palestra pretendo falar sobre vulnerabilidades de deserialização em Python. O projeto "OWASP Top 10" aborda falhas de deserialização como um dos tipos mais comuns de vulnerabilidades em aplicações web. Exemplos de códigos vulneráveis serão demonstrados para identificação e exploração de falhas de deserialização.


Público alvo:


Progamadores (nível básico e intermediário).
Profissionais e entusiastas de segurança da informação.

O que esperar da palestra?

1. Exemplos de códigos vulneráveis
2. Explicação sobre as causas de falhas de deserialização
3. Detalhes técnicos sobre como falhas de deserialização podem ser exploradas

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Caçando Bugs em Python com CodeQL

Resumo


   Nessa palestra, aprenderemos como você pode automatizar as buscas de falhas de segurança em bases códigos Python, seja no do seu projeto ou de dependências, usando o fantástico CodeQL.


Público-alvo


   O público-alvo da palestra são pessoas com interesse em colaborar com a segurança de aplicações open source <3.


O que esperar da palestra?


   Será apresentado a plataforma de análise de código CodeQL e como gerar consultas para detecção de bugs em bases de código Python.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Combatendo o desperdicio de recursos hidricos com Python  na Companhia de Aguas do Ceará  [CASE]

Nessa palestra apresentaremos como a companhia de águas tem usado Python na gestão do ativo mais importante : a agua. Projetos de inteligencia artificial para redução do Índice de Perdas através de acoes relacionadas a gestão inteligente de medidores ineficientes, identificação de fraudes nas redes dentre ouras ações.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Como começar a programar sem ter background em TI e ainda começar a criar um portfólio de projetos em Python

Resumo


Como alguém com diploma de graduação na área de saúde, nesta palestra minha intenção é mostrar como programar não é algo de outro mundo nem é algo restrito a quem cursa ou cursou algum curso superior em TI tais como Ciências da Computação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Engenharia de Computação, etc. 


Irei relatar um pouco da minha caminhada inicial aprendendo a programar em Python, das minhas dúvidas (tais como "tou velho pra começar a programar?", "sem ter diploma na área eu vou ter sucesso?", "preciso fazer faculdade?", etc) e dificuldades, de como transformei tais dúvidas em soluções que facilitaram o meu trabalho e o de outras pessoas no meu ambiente profissional, otimizando tarefas repetitivas, e como, em paralelo, usei essa evolução nos estudos para aprender Git e começar a criar um portfólio open source das minhas soluções (evoluindo as soluções pouco a pouco), visando entrar no mercado de trabalho de desenvolvimento.


Público-alvo


O público-alvo da palestra são programadores iniciantes, pessoas que têm interesse em iniciar a programar mas que não deram o pontapé inicial e pessoas vindas de outras áreas que não sejam a área de tecnologia. Portanto, não precisa ter conhecimento nem de Python básico para acompanhar a palestra. O foco da palestra são os iniciantes. Vai ter um pouco de código mas só demonstrativo e que nem é o foco principal da palestra.


O que esperar da palestra?


A intenção é repassar confiança pra quem quer iniciar nesse mundo maravilhoso que é o de programação e de tecnologia em geral e derrubar algumas muletas psicológicas que muitas pessoas têm nesse início de carreira. 


 


 

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Como comecei com Python.

 



  • Resumo:


 Falarei um pouco de minha curta, mas feliz, trajetória com Python:



  • das dificuldades que enfrentei;

  • projetos livres que contribui no período do Hacktoberfest 2019;

  • sobre essa grande comunidade muito acolhedora;

  • das experiências que tive em eventos que participei como a Python Brasil 2018 e a Campus Party Natal 2.


Ao final, responderei o porquê você deveria investir, estudar e se aprofundar em Python.



  • Quem é o público-alvo da sua palestra:


O público alvo de minha palestra são curiosos do mundo da programação e estudantes iniciantes na área, mas que enfrentam o medo de se arrepender depois ou de não conseguir conquistar seus objetivos futuros por presença de dificuldades ou frustrações.



  • O que os/as participantes devem esperar da sua palestra?


Devem esperar um conteúdo de incentivo, aprendizado e principalmente, um conteúdo que possam ajudá-los a se empenhar mais no início de seus estudos com a linguagem Python que está e estará presente em sua caminha com a carreira de TI.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Como Criar Sua Biblioteca Em Python

Descrição


Essa palestra é para você que escreve classes enormes e várias funções "úteis" no seu código e usa em todo o projeto. Com conhecimento básico de git e um breve entendimento sobre o PyPi é possível fazer o upload de seus algoritmos e tranformá-los em uma biblioteca.


A ideia é mostrar o passo a passo nos slides de como criar os packages do código e transformá-los em uma biblioteca de criptografia simples, e logo em seguida mostrar o uso da mesma, que fiz a um tempo atrás.


Acredito ser um tipo de conhecimento útil para programadores iniciantes e veteranos... aliás, quem não quer reduzir seu código fonte em prol de um melhor desempenho?


 


 


 


 


 


 

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Conhecendo melhor o Python Debugger (pdb)

Dominando o pdb e suas variações


Essa palestra tem como objetivo mostrar recursos básicos e alguns mais avançados para fazer debug de projetos Python.
Os tópicos que seram discutidos são:


Não use o `print()` para debuggar.


Break condicionais


A função display


Recuperando o stack trace pos-mortem


 

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Débito Técnico: Porque isso vai estragar teu software

Descrição:
Estamos acostumados a pensar que o Débito Técnico é apenas código ruim criado por pessoas imprudentes, mas com essa palestra eu gostaria de propor uma visão mais ampla do que realmente podemos chamar de Débito Técnico em uma era de Software Sustentável.


A ideia para essa palestra veio depois que entrei em alguns projetos em andamento e comecei a perceber muitos padrões e sinais de alerta entre as fases de desenvolvimento e entrega do produto. Esses problemas costumam ser chamados Débito Técnico e percebi o custo que eles tinham no produto final. A "sanidade" do código final é um reflexo das dificuldades da equipe durante o desenvolvimento, bem como das estruturas, processos e relacionamentos de toda a empresa. As falhas de um produto cheio de Débito não depende apenas dos desenvolvedores.


É por isso que vou discutir como podemos identificar os gargalos que estão gerando cada vez mais débito e como lidar com eles. E, no final, poderemos discutir alguns dos problemas mais comuns de saúde mental associados a essa Dívida Técnica, por exemplo: Como lidar com códigos ruins por um longo tempo pode atrofiar suas habilidades técnicas.



Público esperado:
Débito Técnico é um tópico super importante no desenvolvimento de software. Atualmente, muitas das nossas lutas diárias em lidar com a criação de software e o gerenciamento de equipes estão atrelados a essa discussão. Meu principal objetivo com esta palestra é explorar diferentes níveis do conceito de Débito Técnico, cada um deles poderia interessar a uma boa variedade de pessoas.


O público principal pode ser pessoas que estão constantemente lidando e sendo afetadas pelos processos de desenvolvimento de software e suas iterações.



Estrutura:
- Torre de Pisa e a dívida técnica
- Quem sou eu?
- Chico, the Purrgramer
    * Rotina de uma pessoa desenvolvedora comum
    * Explicando o conceito de Débito Técnico
- Relacionando os problemas da Torre de Pisa com os nossos
- Débito Técnico é uma coisa ruim?
    * Débito como uma decisão economica
    * Martin Fowler e o Quadrante de Débito Técnico
- De quem é a culpa?
    * Software é o resultado da empresa inteira
    * Distâncias entre times
    * Nossas más decisões contam
- Como lidamos com isso?
    * Soluções não tão boas que costumamos utilizar
    * Board de Débito e porque isso é uma coisa ruim
- Soluções viáveis
    * Processo de I.M.P.A.C.T
    * Princípio de Pareto
    * Reuniões de Post-mortem
- É lucrativo?
    * Comparação entre pensar ou não em design
    * Custo de código ruim
- Ward Cunningham
    * A metáfora do Débito Técnico
    * O que Ward realmente quis dizer
- Além de apenas lucro
    * Atrofia das habilidades técnicas
    * Ansiedade e depressão
    * Startups e o mito de crescimento enorme em pouco tempo
- Torre de Pisa é estável novamente
    * Technical Debt Awesome List e Referências

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Debugando o PUG-PE

O grupo de usuários de Python em PE ou carinhosamente PUG-PE vive sua vida sempre confundido com a raça de cachorro, mas mesmo assim nunca desistiu de passar a palavra do Python em diante. Teve sua vida iniciada dentro de uma lista de discussões em 2007 e em 2010 seu primeiro encontro ocorreu \o/

Estamos em 2020 e o PUG-PE tem quase 13 anos e mais de 60 encontros realizados. E o mais importante ele tem muita historia para contar, já tropeçou e levantou diversas vezes e mesmo assim nunca desistiu. Pensando nisso e também na importância dos grupos regionais de Python, queremos compartilhar nossa experiência com vocês <3 mostrar nosso fluxo de organização, nossa distribuição de tarefas e assim poder incentivar que novos grupos surjam ou resurjam ao longo do nosso nordeste.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Decifra-me ou devoro-te! - Documentação com Sphinx

Documentação é algo que todos gostam de ler, mas quase ninguém gosta de fazer. Se ela é tão importante, por que não investir um tempinho para ajudar os futuros mantenedores do código? Seja essa pessoa alguém que acabou de entrar no projeto ou (pasme!) você mesmo(a).

Sphinx é um gerador de documentação. Ele é fácil de ser usado, já que reconhece docstrings.

Nessa palestra vamos decifrar juntos a Esfinge da documentação e torcer para não sermos devorados.


Público-alvo: pessoas que já têm certo envolvimento com programação em Python

O que esperar da palestra:

1. Entender a importância da documentação

2. Saber o essencial de como se usa a ferramenta

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Desenvolvendo um Telegram Bot para controle de gastos pessoais

Resumo


Depois de muita frustração buscando aplicativos para controles de gastos, eu percebi que sempre acabava simplesmente me enviando mensagens no Telegram com o valor gasto. E se conseguíssemos fazer um simples bot para nos auxiliar na gestão dos nossos gastos?


Durante o tutorial vamos desenvolver um bot que salva seu gasto e a categoria dele através de uma mensagem enviada para o bot (Telegram). Além disso, o bot pode fornecer simples relatórios dos gastos (por dia, semana ou mês).


Vamos utilizar o wrapper python-telegram-bot (https://github.com/python-telegram-bot/python-telegram-bot) e uma simples aplicação Django para receber requisições e armazenar no banco de dados. O foco não é em Django/Web Development, sendo possível utilizar qualquer outra framework para a comunicação com o bot.
Ao final do tutorial, os participantes devem ser capazes de desenvolver bots com facilidade para auxiliar nas tarefas do dia-a-dia, ou até expandir o bot criado durante o tutorial.


Exemplo de "conversa" com o bot


Me: 30 Almoço
Bot: Adicionado gasto de R$ 30,00 na categoria "Almoço".

Me: 20 Almoço
Bot: Adicionado gasto de R$ 20,00 na categoria "Almoço".

Me: 20 Presentes
Bot: Adicionado gasto de R$ 20,00 na categoria "Presentes".

Me: /report month 2
Bot: Aqui está o relatório de gastos do mês de Fevereiro:
Almoço: R$ 50,00
Presentes: R$ 20,00

Público-alvo


Esse tutorial é voltado para todos os tipos de audiência que tenham um mínimo de contato com alguma linguagem de programação, web framework e banco de dados. Não são necessários conhecimentos prévios sobre o funcionamento do bot do Telegram nem conhecimentos aprofundados em nenhuma área de ciência da computação.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Desmistificando a criação de Bots que utilizam Visão Computacional para automação de tarefas em jogos com Python e OpenCV

 


Resumo


Atividades repetitivas são realidade em nosso cotidiano, desde processos simples como selecionar vestimenta, até atividades mais complexas, como dirigir. No âmbito da diversão, especificamente jogos digitais, também estamos destinados a realizar atividades repetitivas, como coletar itens, utilizar magias mediante determinadas situações, vender itens, dentre outros aspectos.


Entretanto, áreas da computação vêm evoluindo e tendem a fornecer meios para automatizarmos atividades nas nossas vidas, dentre as quais podemos destacar a visão computacional. Para tal, a presente palestra visa demonstrar como é o processo de criação de bots feitos com base em análise de imagens (utilizando Python e Opencv), citando bibliotecas que irão proporcionar seu funcionamento (tal como simular a ação do usuário ao computador), e sobretudo demonstrar como tal conhecimento pode ser utilizado tanto para fins recreativos (como jogos) como para necessidades da vida (acessibilidade, atividades cotidianas, marketing), desmistificando-o e visando despertar o interesse na área de Visão Computacional nos ouvintes.


Público-Alvo


Programadores Python desde nível iniciante até avançado com interesse nas áreas de: Programação, Automação de Tarefas, Visão Computacional, Opencv, Jogos. Visto que a apresentação visa ser uma introdução, objetivando estimular o estudo na área, razão porque pessoas de todos os níveis de programação podem frequentar, inclusive com conhecimento em outras linguagens, uma vez que os algoritmos podem ser reproduzidos em diferentes linguagens de programação.  Ressalta-se ainda que pessoas que possuam pouco conhecimento em programação, mas se interessam na temática de jogos e tecnologia, poderão aproveitar, uma vez que conceitos introdutórios serão citados, e códigos/algoritmos serão sempre exemplificados com imagens (de jogos).


Afinal, o que esperar da palestra


Ao final da palestra, pretende-se que os participantes saiam com uma base, consistente em: o que é Visão Computacional; como é feita a análise de imagens utilizando Python e OpenCV na criação de Bots e como esses conhecimentos podem ser aplicados ao cotidiano; bibliotecas em Python que possibilitam simular a ação do usuário ao computador; estimular o aprendizado na área de Visão Computacional;

Use the buttons bellow to vote:

author photo

DockerPy - Gerenciando Contêineres Docker com Python

Não é novidade que os conteires estão tomando conta do mundo tech, esta atividade tem como objetivo apresentar uma forma de gerenciar contêineres Docker com Python.
Durante o desenvolvimento do meu trabalho de conclusão de curso, deparei-me com a necessidade de manipular tais contêineres a partir da minha aplicação Python a fim de obter resultados sobre algorítimos, que são executados dentro dos contêineres.


E como tudo que é bom a gente compartilha, estou aqui para compartilhar a minha solução com vocês!

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Do tastypie ao serverless em 25 minutos!

Caso real da evolução de um serviço de uma empresa, falando desde a evolução tecnológica até sobre os processos internos, custos e operacional


Relatando toda a evolução ao longo dos anos, desde o início dos tempos(rs) até chegar a uma estrutura auto-gerenciável e serverless AWS


#python #api #microserviços #serverless #aws #tastypie #restless

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Dummy, Stub, Spy, Fake e Mock? Dublês de Testes? O que é isso?

Esta palestra é para os programadores, de Python ou qualquer outra linguagem, que já tem alguma familiaridade com testes. Mas mesmo que você tiver zero experiência com testes, venha que não será tão difícil de acompanhar!


Nesta palestra, você conhecerá:


- o que são os dublês de testes


- para que servem


- quando usá-los


- como implementá-los usando unittest.mock.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Exportando mais de 3 milhões de imóveis para o mundo por dia no Grupo ZAP com Python

Nessa palestra irei abordar o case do Grupo ZAP, que tinhamos o desafio de exportar mais de 3 milhões de imóveis por dia de maneira resiliente e escalável para os parceiros. Irei abordar as decisões técnicas, como e porque utilizamos Python 3.7 com dataclasses, como usamos Kafka na solução e erros e acertos. Irei abordar também a arquitetura da aplicação e como ela se encaixa no universo orientado a eventos do Grupo ZAP.


 


Público alvo?


Nível de experiência - Médio/Avançado


Desenvolvedores, SRES e Arquitetos.


Tecnologias: Kafka, Python, Kubernetes e Docker.


 

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Fighting DeepFake com Python

A Inteligência artificial está sendo uma ferramenta para criar montagem com famosos e políticos, substituindo rostos e vozes em vídeos realistas; novidade traz preocupações éticas. Em 2014, como resultado do desenvolvimento da inteligência artificial, foi criado o sistema de aprendizado de máquina - Rede Adversarial Generativa (GAN), que posteriormente lançou as bases para o DeepFake. Permite aplicar o movimento da cabeça de outros indivíduos, expressão facial, movimento e até piscar de olhos. O foco principal dessa palestra é abordar o tema de DeepFake juntamente com técnicas de como identificar se um vídeo ou uma imagem é fake.







Então tá afim de conhecer mais um pouco de como funciona e como conseguimos identificar? vota ai no tema:) 






 

 

 


 

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Graphql: o que é mito e o que é verdade no dia a dia de um serviço em produção?

Conexão com APIs REST, Elasticsearch, bancos relacionais e nosql, parse de arquivos em disco, mutations e muito mais. Nessa palestra você vai entender como usamos Graphql na nossa API que entrega conteúdo para os portais do Valor Econômico e do Valor Investe. Vale a pena? Era melhor ter usado REST? Dá pra ter cache? Como gerenciar a complexidade de endpoints lentos e instáveis?  Vem comigo que a gente vai trocar uma ideia boa sobre o assunto!

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Identificação de ataques em APIs com Machine Learning e Python

Atualmente a maioria das APIs e aplicações web, utilizam WAFs/Firewalls para  "protege-las", porém, tais sistemas são baseados em regras, não impedindo o atacante de hackear as aplicações.


Veremos como utilizar o poder da inteligência artificial para identificar ataques em APIs, e utiliza-la para bloquea-los.


Pretendo demonstrar a aplicação de Machine Learning na identificação de cyber ataques com Python, Tensorflow e Fasttext


Veremos conceitos de Inteligência Artificial e Segurança da informação e como tornar APIs mais seguras, fazendo uma junção de IA + Segurança.


 

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Importância de ter dados abertos governamentais e seus aplicativos resultantes

O intuito desta atividade é apresentar quem somos e de onde somos, aluno e aluna do IFRN — Campus Ceará-Mirim, que com o apoio do nosso orientador e mestre Pedro Baesse tivemos a ideia de desenvolver uma plataforma digital (site), que mapeia fontes de dados abertos governamentais e softwares relacionados para o uso de desenvolvedores e pessoas comuns, onde é o próprio usuário que vai cadastrar tais informações. O proposito da apresentação é justamente mostrar a importância, os benefícios, suas aplicações e o que são dados abertos governamentais, além de divulgar a plataforma e por último contar um pouco sobre algumas experiências passadas em outros lugares, como em, feiras de ciências e na Campus Party Natal 2.


A apresentação pode atender a todas as categorias de públicos que vão conhecer um pouco mais sobre a cultura de uso dos dados abertos governamentais, onde é um direito de todo cidadão saber sobre a sua existência, pois ele promove controle social e engajamento de pessoas. A plataforma, que ainda está em desenvolvimento, visa ter um grande número de participação e colaboração do público, que pode ser usada por pessoas comuns, pesquisadores e jornalistas, e ainda, ter acesso ao código-fonte que será distribuído em Software Livre, as suas principais tecnologias usadas é Python com a framework Flask.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Inteligência artificial e micro serviços, o melhor de 2 mundos

Inteligencia artificial, machine learning e micro serviços são o futuro ? Na verdade estas tecnologias já são passado em muitas startups e empresas de alta tecnologia. Nesta apresentação vamos ver como utilizamos os algoritmos de machine learning em micro serviços, utilizando scikit e tenso flow com em REST APIs web com sanic e python async.
Claro, tudo dentro de containers em pods kubernetes na cloud pra otimizar a infra estrutura. Nossos micro servicos de classificação de ameaças baseados em inteligência artificial chegam a classificar 400 milhões de itens por dia.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Lidando com Timezones - Como evitar dores de cabeça

Timezone é uma zona dor que a gente sente de perto. No último horário de verão - que não tivemos - observamos muita coisa quebrando ao nosso redor nas regiões do Brasil onde antes ele acontecia.
Nessa talk pretendo falar sobre como evitar dores de cabeça nos sistemas que escrevemos.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Meritocracia pra quem? Uma Análise sobre o ENEM 2018

O Enem é a principal porta de entrada para o ensino superior no Brasil, mas, será que as condições de competição entre os participantes são exatamente iguais?


O objetivo dessa palestra é apresentar o estudo que foi realizado com os dados do ENEM no ano de 2018, mostrando a análise exploratória dos dados e em seguida aplicando testes de hipóteses com Python. Ao final do estudo os dados foram carregados para uma ferramenta de visualização de dados(Power BI) e foi elaborado um painel que também será disponibilizado durante a palestra.


 


Hipóteses que foram testadas:


1 - Qual tipo de escola forma alunos com maior desempenho?


2 - Quanto maior a renda, melhor o desempenho?


3 - A Escolaridade dos pais influencia no desempenho dos filhos?


 Público alvo: pessoas interessadas ou que já trabalham com Python para análise de dados.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Microserviços em Django com CQRS e Kafka - Alta performance em relatórios e listagens complexas

Já se viu em uma situação em que seu dominio é muito complexo e isso lhe impede de separar melhor o domini devido a problemas de filtragem e paginação? Ou se conseguiu teve problemas para gerar aquele relatório que precisa de todas as informações?


A pattern CQRS visa separar a escrita da leitura, vamos falar um pouco sobre como implementá-la com Python, Django e Apache Kafka

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Muito além dos bits e dos meus cabelos brancos

E se você pudesse voltar no tempo, ou se pudesse ver o seu futuro? Mudaria alguma coisa? O que a experiência de uma pessoa com mais de 40 anos poderá nos ensinar?


Uma palestra sobre como os jovens estudantes, programadores, desenvolvedores e o público em geral, poderá traçar novos rumos na vida no tocante a tecnologia. Dotado de estudo de causos com experiências reais, o enredo levará a reflexão sobre a vida envolta à tecnologia. Tendo a visão do usuário final, os desenvolvedores podem notar como nós usuários lidamos com a tecnologia. Uma palestra para rir e chorar.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

O braço direito do cientista de dados: Como começar a visualizar dados com python

Resumo: 


A palestra tem como objetivo dar uma introdução de como construir visualizações de dados usando a linguagem de programação Python com a biblioteca Matplotlib Pyplot. De forma objetiva e prática. Plotando gráficos de barra, linha, dispersão e pizza e ainda como você pode estar construindo gráficos interativos como o gráfico de Waffle.


Falaremos sobre a construção de um gráfico de barra, linha, dispersão e pizza. Como realizar a comparação de dois gráficos, como inserir legendas, marcadores, cores e tipos de linhas em seu gráfico.Estudo de caso com dados obtidos do datasus. Por ultimo, falaremos um pouco sobre gráficos interativos e como construir um gráfico de Waffle. 


Público-alvo:



  • Programadores Python

  • Pessoas interessadas em visualização de dados

  • Cientistas de dados (especialistas em Data Science)

  • Entusiastas de programação e visualização de dados


Há algum requisito ou pré-requisito para a palestra? 



  • Linguagem Python (básico)

  • HTML (recomendado, mas não obrigatório


O que esperar da palestra:



  • Visualização de dados com Python

  • Conhecer a biblioteca MATPLOTLIB PYPLOT

  • Construir gráficos de linhas, barras, pizza, dispersão e waffle

  • Manipular dados para construção de gráficos

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Os Desafios de Resolução de Entidades na era do Big Data

 


Resumo:

Nesta palestra pretendo falar sobre o que vem a ser Resolução de Entidade, do inglês Entity Resolution (ER), apresentarei alguns termos técnicos como Deduplication, Canonization, Recod Linkage.


A resolução de entidades é a tarefa de desambiguar manifestações de entidades do mundo real em vários registros ou menções, vinculando e agrupando.  Por exemplo, pode haver diferentes maneiras de abordar a mesma pessoa em texto, endereços diferentes para empresas ou fotos de um objeto específico. Isso claramente tem muitas aplicações, principalmente dados de Saúde Pública e do Governo, pesquisa na web, comparação de compras, aplicação da lei, detecção de fraude e muito mais.


Algumas perguntas que vão ser respondidas na palestra são: Como empresas como  o Google usam ER no dia a dia? Quais os principais desafios na Resolução de Entidade na Era do Big Data ? Como usar o Python e técnicas de ER em projetos pessoais ? Como aplicar o Dedupe  ? 


Nessa palestra pretendo mostrar aos ouvintes os desafios da ER bem como mostrar o que é preciso para que possam aplicar técnicas de ER no trabalho e em projetos pessoais, empresáriais. 


 


Público alvo:


Progamadores (do nível básico ao avançado).


Profissionais que tenham afinidade ou se interessem por Análises de Dados, Ciência de Dados.


Profissionais e entusiastas de negócios que desejem melhorar processos de aquisição de dados e agregar valor para os projetos.

O que esperar da palestra?

1. Será apresentado o que vem a ser Resolução de Entidade.
2. Será mostrado exemplos de aplicações com Resolução de Entidades. 
3. Será mostrado os principais desafios da Resolução de Entidade na era do Big Data


4. Será mostrado o que vem a ser a biblioteca Dedupe.io e como usá-la.


5 Será mostrado um exemplo do uso Dedupe em um problema para  resolver a Resolução de Entidade. 


 


Há algum requisito ou pré-requisito para a palestra? 


1- Linguagem Python (básico)

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Pesquisa sobre a comunidade Python em Pernambuco

A partir de observações dentro das comunidades: PyLadies Recife, PUG-PE e o AfroPython, foi percebido que durante a organização de alguns encontros, uma expectativa estava sendo criada para o momento de inscrição. O que isso quer dizer? Que quando era preciso fazer inscrição, as vagas esgotavam em menos de 2 dias! Mas no dia do evento o número de abstenção era em torno de 30-50%.


Com isso, em Dezembro de 2019 foi realizada uma pesquisa de forma conjunta entre essas comunidades, com o intuíto de entender o que se estava sendo feito de errado durante a organização de encontros, também foi levantado perguntas que haviam aparecido ao longo do ano como "soluções" para alguns desafios. No total foram 93 respostas coletadas e muita coisa para se pensar na organização de encontros futuros.


Essa palestra tem o intuito de mostrar a nossa pesquisa para que ela possa ajudar outras comunidades que estejam também passando por uma realidade parecida com a que ocorreu em PE, além de refletir sobre a construção da pesquisa e sobre sua validade.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Pra que serve a associação Python Brasil?

Afinal para que serve uma associação?


Essa palestra tem como objetivo explicar de uma forma dinâmica:


qual a função da APYB (https://associacao.python.org.br/)
quem pode se associar?
como você pode usar o suporte contábil da APYB para realizar o seu evento local?




Use the buttons bellow to vote:

author photo

Python e Hacking – A liberdade da linguagem Python

Resumo:


A palestra abordará o porquê da linguagem Python ser bastante utilizada na comunidade de segurança da informação, nos permitindo criar qualquer ferramenta de forma prática e rápida, podendo automatizar todo o processo de um pentest, manipulando e configurando automaticamente outras ferramentas para que realizem todo o serviço sozinho ou programando uma nova ferramenta para fazer isso de forma independente sem necessitar de outras ferramentas auxiliares disponíveis.


Outline:



  • Falando sobre Python

  • Como funciona um Pentest

  • Ferramentas e automatização de serviços em um Pentest

  • Como funciona o processo de criação

  • Outros assuntos também serão abordados, como o uso de embarcados e gadgets.


Público-alvo:


Nível de Experiência Mínimo: Iniciante


O nível de experiência necessária para acompanhar é mínimo, mas não significa que desenvolvedores de nível médio à avançado não possam tirar proveito da palestra.


O que esperar da palestra:


Os participantes irão ter noções de como criar ferramentas e como funcionam as ferramentas usadas em um pentest e até mesmo para quem está iniciando, automatizar atividades que possam ser repetitivas, aprender mais sobre a linguagem Python e sobre segurança da informação.


 

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Python para Modelagem de Equações Estruturais

Modelagem de Equações Estruturais no Python: uma abordagem para estudos psicométricos. A palestra abordará o uso do Python para a aplicação da técnica de Modelagem de Equações Estruturais. Será utilizada na demonstração uma base de dados coletada de uma pesquisa realizada como dissertação de mestrado, com dados de atitude e comportamento, como cultura organizacional, satisfação e percepção.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Quem tem medo de RegEx...

Pretendo abordar de forma básica como regex pode facilitar a sua vida no dia a dia quando precisar lidar com strings :).

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Resumo de textos com NLTK em Python

Descrição:


Se você estiver interessado no Data Analytics, será muito útil aprender sobre o Processamento de linguagem natural. Um bom projeto para começar a aprender sobre PNL é escrever um resumo - um algoritmo para reduzir corpos de texto, mas mantendo seu significado original, ou fornecendo uma ótima visão do texto original.


Público-alvo:


Essa palestra tem como foco nos iniciantes  e entusiastas em Data Analystcs iremos ver como não existe bicho de sete cabeças e não precisa ser
um "Programadorzão" para fazer análise de textos com linguagem natural usando Python.


 


 


 

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Robotframework: Um framework Python arretado para automação de testes!

Resumo

Vamos falar sobre o framework de testes escrito em Python para automatizar testes utilizando linguagem natural.

Falaremos sobre os testes automáticos que podem ser realizados com o Robot (testes web, de API, mobile e desktop), que são possíveis pela existência de inúmeras
bibliotecas (libraries) existentes, criadas e mantidas pela comunidade.
A ideia é demonstrar o Framework (utilizando exemplos práticos e reais), o seu poder e ganho de produtividade por se tratar de um framework que utiliza "keyword-driven", compatível com as versões 2 e 3 do Python, além de ser possível "rodar" no Docker e ser compatível com CI/CD e cross-bronwser.

Outline

- O que é o Robot Framework (~5 minutos)
- Arquitetura do framework (~3 minutos)
- Keyword-driven para escrita dos testes (~3 minutos)
- Libraries (bibliotecas) (~3 minutos)
- Instalação (~3 minutos)
- Escrevendo e executando um script de teste com o Robot (~8 minutos)
- Dúvidas (~5 minutos)


Quem é o público-alvo da sua palestra?

Pessoas que trabalham na área de desenvolvimento (QAs e Desenvolvedores), que tenham interesse no tema "Automação de Testes".

Não é necessário ter um grande background em desenvolvimento, já que o framework trabalha com autonível de abstração, através de keywords-driven.
Pessoas com nível iniciante podem assistir a palestra sem problemas.

O que os/as participantes devem esperar da sua palestra?


Os/as participantes entenderão, através de um "overview", um pouco mais sobre testes e automação de testes, o funcionamento e arquitetura do Robot Framework e serão capazes de começar a utilizar o framework e realizar os primeiros testes automatizados.


 

Use the buttons bellow to vote:

author photo

ScanAPI: Automatização de Testes de Integração para a sua API

A ScanAPI é uma biblioteca de código aberto escrita em Python que possibilita a criação de testes de integração para REST APIs.



Através de um arquivo de configuração YAML, você consegue implementar testes automatizados para os endpoints da sua API. A biblioteca gera um relatório da execução dos testes que também pode ser utilizado como a própria documentação da API,


Essa palestra visa mostrar um pouco do funcionamento da ScanAPI, discutir os próximos passos a serem implementados e também divulgar a ferramenta para quem possa ter interesse, seja para sua utilização ou contribuição com o projeto!


Link do projeto: https://github.com/scanapi/scanapi

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Se a primeira impressão é a que fica, como Python pode ajudar novos programadores?

1 - Resumo


Uma breve discussão mostrando como Python pode ajudar novos estudantes e também como aumentar a disposição e o empenho dos alunos através da programação competitiva.


1.1 - Tópicos a abordados


        • Como linguagens de difı́cil sintaxe podem afastar os alunos de programação.
        • Porque Python é uma linguagem ideal para iniciar no mundo da programação.
        • Como aumentar o empenho dos estudantes por meio de ferramentas como o URI e competições como ICPC.
        • Como essas ferramentas podem ajudar a melhorar o raciocı́nio lógico dos alunos.
        • Minha experiência com essa metodologia.
        • Mesmo após já ter adquirido bons conhecimentos em algorı́timos e lógica podemos continuar com Python.


2 - Quem é o público-alvo da sua palestra


Estudantes iniciantes em programação que não sabem por onde iniciar ou que desejam formas e mecanismos de aumentar sua lógica para soluções de problemas, professores que buscam novas formas de ensinar programação para seus alunos e incentivá-los, mas também será útil para os demais públicos que desejam saber como Python pode mudar histórias.


3 - O que os/as participantes devem esperar da sua palestra


Um conteúdo que pode ajudá-los a obter êxito nos estudos sobre programação, que mostrar formas de aumentar suas habilidades em solucionar problemas. Diante de tudo, será um conteúdo que também servira de inspiração para educadores e educandos da área de TI.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

SOLID Python

O desenvolvimento de software evoluiu drasticamente nos últimos 30 anos. Conceitos e mindsets foram (e estão sendo) modificados de acordo com novos paradigmas e novos entendimentos sobre o tema.


Neste contexto, está a Orientação a Objeto, paradigma tão difundido, porém tão controverso.


"(...) most of us (developers) use those languages (OO) without knowing why, and without knowing how to get the the most benefit out of them."


"(...) maioria de nós (desenvolvedores) nos utilizamos dessas linguagens (OO) sem entender o porquê e sem saber como tirar o maior benefício delas."


Nesta talk, vamos falar sobre como os conceitos SOLID podem nos ajudar a elucidar os objetivos da Orientação a Objeto, com exemplos totalmente em Python(3!).


Público alvo: Desenvolvedores (python ou de outras linguagens), que possuam noções básicas de orientação a objeto e que se interessem por técnicas para auxiliar no desacplamento de código.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Tecnologia é a nova liberdade: Como a tecnologia pode atuar no processo de ressocialização

Resumo: O Sistema penitenciario brasileiro apresenta muitos problemas: prende-se muito antes de julgar, prende-se muito por crimes sem violência e está chegando a quase o dobro de presos para oferta de vagas. Além disso as prisões tem cor e lugar, sendo composto na sua grande maioria por negros que se encontram nas comunidades, sem contar a ampla porcetagem de mulheres encarceradas em um ambiente estruturado para homens. No final, essas pessoas quando postas em liberdade, mais da maioria voltam a cometer crimes e são presas novamente.


Partindo do ponto tecnológico, muito tem sido investido dentro do sistema carcerário a nível de segurança para evitar fulgas e ser mais eficaz na busca de outras pessoas que ainda não foram presas. Mas o que se tem feito para que essas pessoas, uma vez em liberdade possam voltar a sociedade e não volte a ser uma ameaça a segurança publica? E as prisões que são feitas de forma enganosa, como evitar isso? Tecnologia são maiores que pessoas. Quais pessoas?


 


Quem é o público-alvo da sua palestra? Todas as pessoas, todos os níveis


 


O que os/as participantes devem esperar da sua palestra? A palestra esta dividida nos seguintes tópicos:


- Dados do Sistema Prisional


- Historia do Encarceramento em Massa Brasileiro


- Análise com recorte de gênero


- Problema da ressocialização


- Possíveis Soluções


Após a palestra espera-se que o ouvinte esteja ambientado da problemática e possa pensar em soluções ou se integrar a soluções existentes

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Um Testbed para Mobile Cloud Computing usando Python e Docker

Mobile Cloud Computing (MCC) é um paradigma da Computação em Nuvem onde dispositivos móveis conseguem utilizar recursos externos (por exemplo uma máquina virtual) para realizar tarefas que tomariam muito tempo ou mesmo fossem inviáveis de se executar no próprio dispositivo móvel. No entanto, mesmo com os avanços feitos na área, não há ferramentas disponíveis para que desenvolvedores e pesquisadores possam projetar ambientes de teste escaláveis para avaliarem as soluções desenvolvidas.


Nessa palestra apresento o MCC Testbed, uma ferramenta que permite a criação de ambientes de teste para a execução de experimentos de forma fácil e replicável, utilizando containers Docker que exercem as funções de clientes (emuladores Android), servidores e load balancers. Além disso, também falarei sobre a API disponibilizada pela ferramenta, que permite a criação de scripts Python para a automatização de experimentos.

Use the buttons bellow to vote:

author photo

UrnaPi - Django e Raspberry, uma urna eletrônica open source-hardware

Resumo:


A palestra irá abordar como foi a construção de uma Urna Eletrônica usando Django e Raspberry Pi, motivos de sua concepção, resultados obtidos com o trabalho, materiais usados, análise do código.


Outline:



  • Falando sobre Python e Django

  • Falando sobre Raspberry Pi

  • Ferramentas utilizadas e construção

  • Funcionamento da Urna e Análise de Código

  • Resultados obtidos com o trabalho.


Público-alvo:


Nível de Experiência Mínimo: Iniciante


O nível de experiência necessária para acompanhar é mínimo, mas não significa que desenvolvedores de nível médio à avançado não possam tirar proveito da palestra.


O que esperar da palestra:


Os participantes irão ter noções de como funciona o framework Django e o que se pode fazer utilizando ele, aprender a utilizar algumas funcionalidades do raspberry.


 

Use the buttons bellow to vote:

author photo

Using Data Analysis and Machine Learning to Identify Violence Zones in Somalia

The conflicts in Somalia have reached alarming levels, year after year many people are victimized by disputes of territory and dominance of spaces. The problem has reached intolerable levels in the international community.


This report aims to inform intervention actions through insights that are placed as strategic tools for facing the presented problems. The work is part of Omdena’s AI challenge in partnership with the UNHCR — The UN Refugee Agency.



The data is derived from a wide variety of local, regional and national sources and the information is collected by trained data experts around the world.


Use the buttons bellow to vote:

author photo

Vivendo a catastrofe total - Observabilidade e Microserviços

Observabilidade é sobre alcançar um entendimento profundo sobre o nosso sistema em produção. Isso não apenas ajuda a depurar problemas mas também remove incertezas e especulações. Essa palestra é sobre o motivo e a forma de se adotar observabilidade como uma cultura de engenharia de software

Use the buttons bellow to vote:

author photo

WebScraping, Python e Ordem da Câmara dos Vereadores

Eu não sei se isso aconteceu com você, mas nas minhas rodas de conversa o tema política vem sendo uma pauta cada vez mais constante. No fim, a gente sempre fica com aquela pulga atrás da orelha sem saber o que exatamente está sendo feito com nosso dinheiro, o que tanto vem sendo discutido pelos políticos, quanto tempo vem sendo gasto nessas discussões… enfim.


Foi pensando nisso que começamos uma analise do conteúdo das Ordens do Dia da Câmara dos Vereadores como resultado de um projeto de disciplina de Ciência de Dados (UFRN). Vamos usar esse tempinho do evento para conversar sobre como usamos Python, WebScraping e PLN (Processamento de Linguagem Natural) para chegar nas nossas descobertas.


Durante a palestra vou falar de algumas ferramentas e recursos python que usei para o projeto acontecer, como BeautifulSoup (raspagem de dados), PyPDF2 (extração de texto de PDF), expressões regulares e o NLTK (linguagem natural). A ideia é falar sobre essas soluções de forma introdutória e didática, então quem estiver começando estudar ciência de dados pode aproveitar bastante a palestra, mas sugiro ter um certo conhecimento de Python. 

Use the buttons bellow to vote: